JC Group Racing Team garante três pódios na Rampa de Santa Marta

Os pilotos da JC Group Racing Team trouxeram três pódios para Braga conquistados na Rampa de Santa Marta, terceira prova do Campeonato de Portugal de Montanha JC Group. José Correia (Osella PA2000 Evo2) foi o 3.º classificado absoluto e nos Protótipos, Gabriela Correia (SEAT León Mk3) subiu ao 2.º lugar nos Turismos 3, e Augusto Vasconcelos venceu o Grupo 5 com o Ford Escort Mk1.
 
A confirmar a sua evolução na primeira época ao volante da barchetta Osella, José Correia obteve o segundo pódio consecutivo com o protótipo italiano, repetindo o 3.º lugar do CPM que já tinha conquistado na Rampa Internacional da Falperra.
 
“No sábado tivemos um problema na caixa de velocidades, que tinhas falhas a reduzir e que nos levou a dar um pequeno toque nos rails e a falhar a primeira subida de prova. No domingo tivemos de ultrapassar essa falta de ritmo e acho que conseguimos um tempo muito aceitável, que nos deu para subir ao pódio. Continuo a precisar de mais quilómetros com o carro, porque é preciso confiança para atingir os limites da barchetta. Felizmente as duas últimas provas já foram mais positivas e agora estou expectante para a Rampa Serra da Estrela”, afirmou José Correia.
 
Gabriela Correia voltou a mostrar uma enorme maturidade, apesar de ter apenas 17 anos de idade e ser a piloto menos experiente de todo o campeonato. Num dos traçados mais técnicos e difíceis do ano, a jovem piloto de Braga conseguiu o 2.º lugar dos Turismos 3 e o 7.º posto absoluto da competitiva categoria Turismos. “No sábado concentrei-me em descobrir as novas afinações que tínhamos no carro e em aprender a rampa, que de facto é bastante técnica. No domingo já me sentia mais confiante e consegui um bom tempo na segunda subida de prova. Na última subida esforcei-me por baixar o tempo mas o asfalto estava sujo, com óleo, e não foi possível melhorar. Ainda assim, acaba por ser um resultado positiva numa das rampas mais difíceis do campeonato”, apontou Gabriela Correia.
 
Augusto Vasconcelos também esteve em destaque no Campeonato de Portugal de Clássicos de Montanha, onde venceu o Grupo 5 e conseguiu o 4.º lugar absoluto. “O nosso único contratempo foi um problema de embraiagem no sábado, que nos obrigou a recuperar o tempo perdido. No domingo, fizemos 2m18,8s na segunda subida e penso que ainda teria sido possível conseguir melhor na última subida, mas o asfalto estava algo sujo. Diverti-me e agora vamos para a Serra da Estrela, para um dos traçados mais bonitos e espetacular da Montanha”, referiu Augusto Vasconcelos.
 
A tradicional Rampa Serra da Estrela, na Covilhã, disputa-se nos próximos dias 29 e 30 de junho.
  • Nenhum resultado encontrado.